Evento: Faça Bonito | 18 de maio

faca-bonito-projeto-confiar-18-de-maio2Em razão do advento do “Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” que é lembrado no dia 18 de maio, o Projeto Confiar do CEJUSC de União da Vitória realizou apresentação na última terça feira, 16 de maio, no auditório do Colégio Estadual Tulio de França, para as turmas de formação de docentes, em evento organizado pela professora Solange Alves Pereira.

No evento falou o Juiz de Direito Coordenador do CEJUSC de União da Vitória, Carlos Mattioli, que destacou especialmente a possibilidade da entrevista psicológica única por meio de medida antecipada de provas, com atendimento de demandas da Delegacia de Polícia, Vara Criminal e da Infância e Juventude, e ainda dos objetivos do Projeto Confiar de prestar um atendimento qualificado e acolhedor às crianças e adolescentes possíveis vítimas de violência sexual. A psicóloga Thaline Harumiy Ino, integrante da equipe de Psicologia do Projeto Confiar abordou a importância da abordagem e demais cuidados ao se deparar com alguma suspeita de criança ou adolescente vítima de violência sexual, orientando os futuros professores também sobre as espécies de violência, e de que forma podem contribuir preventivamente.
Ainda em razão do “Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” no dia de hoje ambos farão apresentação no Centro Comunitário de Paula Freitas, Município integrante da Comarca (convite em anexo). Na próxima terça-feira, 23, o Juiz de Direito e a psicóloga Larissa Moretto abordarão o tema com pais e equipe de educação do Centro Municipal de Educação Infantil Professora Leonice Martins Hirsh, em União da Vitória.

faca-bonito-projeto-confiar-18-de-maio4O Projeto Confiar do CEJUSC de União da Vitória encontra-se em funcionamento há 03 anos, e já atendeu mais de 320 vítimas crianças e adolescentes promovendo a escuta humanizada psicológica, fora do ambiente das salas de audiência. Mais de 1.500 profissionais da educação, saúde, Conselho Tutelar e outros órgãos das redes de proteção dos 6 Municípios que integram a Comarca já foram capacitados para atendimento especializado de vítimas desta espécie de violência.

Assessoria do CEJUSC
Crédito das Fotos Jeni Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *